INFARMED junta Comissão Europeia, OMS e Estados-Membros em Conferência sobre Medicamentos

INFARMED junta Comissão Europeia, OMS e Estados-Membros em Conferência sobre Medicamentos
abril 27, 2021

O INFARMED organiza esta quinta e sexta-feira (29 e 30 de abril) uma conferência internacional que vai juntar os principais agentes europeus e mundiais na área dos Medicamentos e Dispositivos Médicos. Todas as sessões do evento serão públicas e em formato virtual, bastando apenas a prévia inscrição já disponível. Mais informação aqui.

A Comissão Europeia far-se-á representar pela Comissária para a Saúde, Stella Kyriakides. O Diretor-Geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Ghebreyesus, participará na abertura da Conferência. Do Parlamento Europeu virá Dolors Montserrat, que faz parte da Comissão do Ambiente, da Saúde Pública. Em nome do Governo Português estará a ministra da Saúde, Marta Temido e o Secretário de Estado da Saúde, Diogo Serras Lopes. O presidente do INFARMED, Rui Santos Ivo, intervirá igualmente na Conferência.

Estarão também presentes alguns dos responsáveis que no último ano assumiram um maior protagonismo na esfera pública devido à pandemia como a diretora executiva da Agência Europeia do Medicamento (EMA), Emmer Cooke, e o seu vice-diretor, Noël Wathion.

Os participantes terão ainda a oportunidade de escutar o Diretor da Direção-Geral da Saúde da CE, Andrzej Rys, o Presidente do Fórum Europeu dos Pacientes, Marco Greco e o Presidente das Autoridades Competentes para os Dispositivos Médicos, Thomas Wejs Møller.

O tema da Conferência será a “Disponibilidade, Acessibilidade e Sustentabilidade dos Medicamentos e Dispositivos Médicos” (que dão nome aos 3A’s da Conferência - Availability, Accessibility and Affordability).

A conferência tem como objetivo debater em concreto os tópicos assumidos como prioritários nesta área pela Presidência Portuguesa de forma a construir uma posição convergente entre os participantes que permita depois apresentar um conjunto de medidas concretas a adotar como conclusões do Conselho da União Europeia.

Desde o início do ano que que a Presidência Portuguesa, através do Ministério da Saúde e do INFARMED tem defendido e trabalhado para contribuir para a construção de uma União Europeia da Saúde, enquadrada na implementação da Estratégia Farmacêutica para a Europa, recentemente adotada pela Comissão Europeia, e tem dado passos para apoiar o reforço do papel das agências europeias e a sua coordenação com as agências nacionais dos Estados-Membros.

O evento foi desenhado de maneira a promover a cooperação e colaboração entre os Estados-Membros da EU. Durante os dois dias da Conferência, os participantes vão abordar as políticas de preço e comparticipação, o custo-benefício dos medicamentos, como os apoios públicos se traduzem no preço, colaboração regional, além da transparência ao longo da cadeia de valor e da sustentabilidade dos sistemas de saúde europeus.

Vai procurar igualmente as novas e melhores formas de garantir o acesso e a acessibilidade em áreas onde existem necessidades não satisfeitas e como melhorar o lançamento no mercado de produtos autorizados centralmente.

 

27 de abril de 2021

Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização Está a usar um navegador desatualizado. Por favor, actualize o seu navegador para melhorar a sua experiência de navegação.